sábado, janeiro 10

viajei em 70 páginas

quarto do albergue no México
Voltei, voltei com 18 kg de mochila, e mais bolsas amarradas em tudo que é canto, chorando para que deixassem meu sombrero (gigante) no voo comigo. Voltei com mais ou menos 2000 fotos, 30 vídeos e 7 países. Voltei com alguns ajustes e reajustes na lista de amigos ( e espero que nao se tornem tão somente virtuais), já me prometeram uma visita..., voltei mais gordinha (fast food), Voltei mais colorida. Voltei com mais esperança... com mais histórias, com um caderno e que esse escrevi 70 páginas, gastei 3 canetas. Voltei com meu gerreiro e inseparável Timberland.
Voltei à rotina, esperando as modificações da nossa língua portuguesa. Voltei a minha realidade, enfrentado meus conflitos e as dores na perna. (muitas). Voltei e já comi a rabanada, consegui abrir a mochila (no primeiro dia em casa eu nem quis olhá-la de tanta nostalgia) e o cheiro das coisas, das roupas compradas, e o lonely lá quietinho na bolsa. Eu volto e eu ganho presente - cd da Roberta Sá (não mereço tanto), ensaio de escola de samba - Salgueiro, lapa com os amigos, churrasco do cunhado, vestido de mamãe...assim eu fico em extase, abraços e mais abraços... Voltei, e essa semana foi assim: gripe forte de doer no peito. Chinelo arrebentado, óculos quebrado (sentei em cima)...tudo depois da viagem e só tem uma semana que voltei...Putz, e nem sei o que usar na minha formatura!
Digo que muita coisa vi, vivi, me achei e me perdi...
Um presente de Deus, e aliás, sua presença foi constante... chorei e ri, sozinha, mas conquistei aquilo que muitos nem acreditavam (nem eu acreditava), mas sonho sai do coração, é louco, nao se explica e nem se transfere, cada um com o seu, ou melhor, cada um com sua loucura, mania e ilusão...
Voltei muito emocionada, não consigo contar e nao chorar, sempre escapa uma lágrima.
Km e km percorridos - ônibus, carros velhos, barcos, a pé... fronteiras conquistas, medos derrubados...
Voltei querendo estudar mais sobre Zapatistas, Maias, crenças e culturas...
Voltei mas continuo sonhando...
e pra piorar a loucura de voltar pra algum lugar, estou lendo "O mundo de Sofia"...
Quero descansar agora... quero realmente acordar desse sonho e dizer: Voltei!
No próximo post - relatos sobre Panamá...

3 comentários:

Ricardo Soares disse...

adoro diarios de viagem... bj e feliz 2009

Eu... disse...

Quando é que vai escrever mais???

Andrea disse...

Escrever diário de viagem é o máximo!! Não que a gente vá esquecer mas é a materialização , como nas fotos, de um sonho realizado!!Bom fim de semana p/ti!!