domingo, setembro 14

Expedição Rio de Janeiro: uma aventura turística

Ufa! Pra respirar tá difícil! Sério! Trabalhar e ao mesmo tempo "projetar" é fods! Artigo pronto, ok! Apresentado, OK! Mas ainda tem pesquisa de campo, e nao tá nada Ok! Formatura aaa essa tá chegando e as férias do trampo? Uuuuu tb tá!

Deixando um pouco essa rotina de lado, venho falar de lugares, pessoas e coisas...
E tudo começou assim: um telefonema - Marilu está a caminho do Brasil, passou pela Itália visitando Pablito (su hijo), Tailândia e Dubai (en casa de su hijo)... depois de uns 3 meses, eis que aparece Marilu sozinha no aeroporto, vindo direto pra Volta Redonda city, na casa de sua sobrinha Rosy, ao qual minha professora de espanhol! Recebo esse comunicado em meio a turbulenta semana, fui correndo vê-la e admirar suas últimas viagens (Tailândia - um sonho)... e ai venio o convite: Tati, quiero conocer el Rio! Olhei para ela com cara de, PQP! tô fudi***, pois bem, quer? Ok, por um instante pensei em pessoas que poderiam me ajudar: meu pai - sem chance, viajando com mama, minha irma: viajando com seu namorado, Dudu: ops, esqueci q nao é mais meu namorado...Então, como demorei pra responder ela me disse: Tati, Eres tan valente, bandida (esperta em espanhol), como se ela falasse - confio em vocÊ! ora, claro que ela falou isso, afinal fui ao salar de Uyuni e que a única companhia era uma coberta fina e que soltava pelo, espirrei pelo menos 5 horas de percurso!
Marilu, vamos!...........................................................................................................................................

Meu Deus, ela confiou mesmo em mim, eu mal sei estacionar em Barra, ou melhor, atravessar a rua na principal em Volta Redonda.
Mas fomos, saimos bem cedo, começamos então pelo Corcovado- e a espera foi grande, comemos e conversamos e em meio a conversas, conheci um casal de 80 anos argentinos e que me emocionaram muito (nunca é tarde pra descobrir alguma coisa)...
A o Cristo - confesso, é aquilo mesmo, mas tem tanta gente! O vento aliviou a temepratura.....


Marilu estava radiante e eu tb, afinal éramos duas turistas sem saber o que viria pela frente!




Resolvemos então caminhar até o Jardim Botânico (algumas dicas de amigos cariocas), meu Deus, foi o passeio mais fantástico que fiz! Lá podemos beber água fresca e admirar a mata!
Resolvemos andar mais um poquinho. Pouquinho? A gente andou pelas praias quase chegando ao Arpoador, na verdade eu a convidei pra ver o pôr-do-sol, mas nao deu tempo e ai depois que me toquei q estava a passear com uma boliviana de 65 anos! E não é q sua disposição estava melhor q a minha!
Tomamos água de coco e valeu! Ela me disse: Tati, gracias! Estoy encantada! :) Aaaa eu que tinha q agradecer, pois afinal, se não fosse sua visita, talvez eu demoraria mais um pouco pra conhecer essa beleza que é o Rio!

Um comentário: