sábado, junho 19

Expedição São Paulo - pArTe 3


A cara do Brasil, traços do mundo - SP

Para todos, paulistas e paulistanos

Unindo informações sobre essa  Expedição SP, percebi que alguns dos meus amigos cariocas (da gema ou não) têm a mania de achar essa cidade "fria e metida" assim como Nova York( sem o glamour) . Na verdade, não! Só acha isso quem não a conhece, ou só passou por lá em algum evento. De fato, meu fascínio por São Paulo se deu por, justamante se parecer com várias cidades e, ao mesmo tempo ( ironicamente), se parecer com nenhuma.
São Paulo é uma soma: qualidades, tragédias, (de)feitos, (fres)curas, liberdade, asfalto, barulho, feiúra, tranquilidade, (des)contentamento, beleza....
São contradições que revelam a cara do Brasil e traços do mundo: hotéis luxuosos, carros importados, vitrines parisienses e, mesmo asssim  há os que dormem nas ruas. Vegetação e tranquilidade nos parques pra corredor e escritor nenhum botarem  defeito e, mesmo assim com o ar mais poluido do país. Com um centro bem movimentado, parecendo um desfile a céu aberto, a moda quem faz são eles e mesmo assim ficam pelados em manisfestações em uma rua qualquer... Mas que cidade curiosa: um time de futebol leva seu nome recebendo o apelido de "o mais querido", sendo que na verdade, o maior e o mais querido é o Corinthians, levando o apelido de "Timão".
...E eu que pensava que muitos de nossos consagrados sambas estariam em solo carioca, pq pra mim, São Paulo não passava  das "Onze", e das "deselegâncias discreta de suas meninas", bastou ir lá e com um grupo de amigos paulistas pude conhecer um som suave de Adoniran Barbosa.
São Paulo nunca será belíssima, por não ter um Corcovado ao fundo, uma garota de Ipanema desfilando à beira-mar e mulatas de Sargentelli. Mas tb, nunca será feia, principalmente em dias de fashion week. E, pq de fato, beleza não põe mesa de brasileiro trabalhador.  SP não tem praia, mas tem uma única surfista, a Bruna e seu sambódromo é a Av paulista, tendo como um dia de carnaval com a parada Gay (vale tudo nesse dia). ..
Foi lá que assisti, pela primeira vez um show de graça e na rua. E o melhor, um show internacional. E o melhor ainda, cada ponto da cidade um show e uma atração diferenciada, fazendo que diversidades se esbarrassem pelas calçadas. Vc escolhe sua tribo! (Virada Cultural) - Foto ao lado - show do "The temptations" (...) Uma  desordem de carros, e o tietê compõe um ambiente sujo e fétido. Mas há ordem, essa fica embaixo, escondida - os metrôs. Chega-se a qualquer lugar e o esforço que se tem é não ocupar a cadeira azul, exclusivas para idosos e gestantes (só faltou uma exclusiva para bêbados). E lá tem  uma das estações mais históricas e bonitas  desse país.
É uma cidade totalmente maniqueísta.
Já passei por Nápoles (Itália) e mesmo assim, a melhor pizza que comi foi em São Paulo. Já passei por Paris e mesmo assim o melhor escondidinho de carne seca que comi foi no Mercado Municipal de São Paulo. Afinal, não se tem escondidinho em Paris, muito menos de carne seca! Em sampa vc conhece um mineiro, conhece um nordestino, conhece um sulista... mas não conhece um paulistano. E alguém assume que nasceu em Valinhos?
São Paulo é uma verdadeira expedição, dessas de se abrir um guia, marcar com caneta as melhores coisas e melhores lugares, ligar o GPS e partir. Cuidado, vc pode parar em algum boteco no caminho e não sair mais. ( e dê adeus a todo aquele planejamento)
"São Paulo, entre muitas outras parecenças, se parece com Paris no Largo do Arouche, Salvador na Estação do Brás, Tóquio na Liberdade, Roma ao lado do Teatro Municipal, Munique em Santo Amaro, Lisboa no Pari, com o Soho londrino na Vila Madalena e com a pernambucana Olinda na Freguesia do Ó."

E é assim, definitivamente, São Paulo é a cara do Brasil e um pedaço do mundo. Explore-a, mas cuidado, ela poderá te abduzir em noites na Rua Augusta....

7 comentários:

Guilherme Balista disse...

Gostei! Como paulista sou de acordo! ;) Mas continuo achando que o São Paulo é o time mais querido! HUAHUSA

Pedro Henrique disse...

São Paulo , não é muito uma cidade que me agrada , mais também , nunca tive a oportunidade de visita-lá , mais eu não gosto muito não , eu sou mais o rio .tuteeee , seu blog tá muito show , parabéns , beijoos .

duda disse...

essa cidade "É"...
hoje para mim, é saudade.

Marcelo Mayer disse...

pera lá, pera lá... eu nasci em são paulo! haha! com certidão carimbada! rsss

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Tatiana,

Muita gente tem mania de fazer julgamento sem conhecer e esse seu texto ficou show. Realmente SP é tudo isso e muito mais.

-----------------------


Chegamos de viagem e venho aqui só pra dizer que esse carinho danado de bom é realmente algo que faz falta.

Beijo imenso, menina linda.


Rebeca

-

Tatiana disse...

Mayer, poxa vida é verdade! Eu me lembro quando vc me mostrou o lugar onde nasceu...e onde viveu toda sua infancia! oooo nostalgia! rs bjo bjo

Wolber Campos disse...

Olá Tatiana!
Que texto legal! Sou paulista e muitas vezes reclamo de pontos negativos da minha cidade. Mas nunca a praguejei.
Você sintetizou tudo que acho importante por aqui. Não há como negar a beleza de um "parque do Ibirapuera", ou que aqui é, sem dúvida alguma, um dos melhores lugares do mundo para se comer. Tá com vontade de uma culinária árabe, francesa, ou seja lá o que for, de madrugada? É só pegar o carro e procurar.
Há o bairro das artes (como a Vila Madalena), das baladas (como a Vila Olímpia, das cantinas (como o Bexiga) e por aí vai.
Não devemos ter bairrismos, o Brasil é um ótimo lugar pra se viver, seja ele no lindo Rio, ou na sofisticada São Paulo.
Grande abraço!