quarta-feira, maio 19

Expedição Goiás - PaRtE 3

Pôr-do-sol em Goiás
Voltando à Chapada:
Nada de bebida, drogas, muito menos de sexo! O lance foi ficar "chapada" vendo de perto o mais alucinante espetáculo da natureza!
O passeio sempre começava agitado, 6 horas mato a dentro... Mas fiquem tranquilos, além de relaxar nas cachoeiras das trilhas, a noite a programação é bem light. No centro de São Jorge há instalações como: barzinhos, botecos, restaurantes simples, porém tudo e todos bem acolhedores. Sempre ia na pizzaria do italiano, ótima pedida, pois carboidrato era uma coisa q nao podia faltar... Pela mañha um delicioso café no albergue, eles faziam o´próprio pão... hummm delícia! (...) Bem alimentada começo, então as jornadas...
Rios que com seu trajeto deram formas as pedras... Das cachoeiras deslumbrantes, gélidas e límpidas ecoaram com agressiva vontade, marcando com bravura seu território...
Digo tudo assim, solto, rasgado, sem pé nem cabeça, pq esse é o mistério da vida! E há quem entra em êxtase, eu!
Não que eu despreze cidade grande. Não! Curto cinema, gente, bar, internet e carona (como é bom ter uma carona). No entanto, decido por lugares incríveis, exóticos e esotéricos... a natureza me proporciona tudo isso junto ao longo dos dias.
Prefiro abraçar uma árvore do que um poste! Prefiro a cantoria dos pássaros do que das buzinas. Prefiro mais ainda: uma mata fechada do que uma "selva de pedra" e tb não dizem que tá cheio de "leão" solto nas avenidas??? Prefiro então o leão arisco do que o "domesticado"...

Não vim aqui falar de predileções, muito menos fazer comparações. Ando tão a flor da pele que o que mais quero, além cama, é poder abrir a janela do quarto, respirar fundo e dizer: Mais um dia! Devo agradecer? rs
Fiquem com as imagens de um puro lugar, sabe lá até quando será assim...

Um comentário:

Florentino disse...

lindo este lugar /,.,. muita coragem